NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

quarta-feira, 20 de abril de 2011

A ALIMENTAÇÃO NA DOENÇA DE PARKINSON.

Não existe uma dieta específica para a DP, mas há uma série de cuidados que você pode ter no sentido de melhorar o aspecto nutricional e algumas observações para obter melhor eficácia em relação aos efeitos dos medicamentos.

Colocamos algumas dicas a seguir:

1) Os alimentos interferem na absorção de alguns medicamentos utilizados na DP, como a levodopa, por exemplo. O ideal é que sejam ingeridos com o estômago vazio, meia hora antes da alimentação ou uma hora e meia depois. Evite ingeri-los com leite, pois este também interfere na absorção de alguns medicamentos, utilize água.

2) A proteína presente em alguns alimentos (por exemplo carnes, ovos, leite e derivados) pode interferir na absorção de levodopa, diminuindo a sua eficácia. Se estiver usando este medicamento, recomenda-se que a quantidade diária de proteína da dieta seja concentrada predominantemente em uma refeição e, de preferência, ao final do dia.

3) Converse com seu médico se estiver apresentando náuseas. Evite fazer refeições volumosas, procure comer quantidades menores, distribuídas em 5 a 6 vezes ao dia, e não pule refeições. Procure ingerir os líquidos longe das refeições.

4) Verifique se está ingerindo líquidos adequadamente. Procure ingerir 6 a 8 copos de água por dia, evite bebidas contendo cafeína (café, chocolate, chá preto, chá mate, chá verde, alguns refrigerantes à base de cola) e consulte o seu médico sobre a ingestão de bebidas alcoólicas.

5) Na DP, pode haver dificuldades no funcionamento intestinal, como a obstipação (intestino preso). Consuma uma dieta rica em fibras (verduras, cereais,frutas) e não deixe de ingerir líquidos regularmente. A atividade física também auxilia no funcionamento intestinal.

6) Não exagere no sal nem nos doces, evite frituras, e o consumo frequente das gorduras de origem animal em grande quantidade (p.ex. carne vermelha,manteiga). Dê preferência à gordura de origem vegetal (óleo vegetal, azeite).

7) Na DP, alguns pacientes podem apresentar dificuldades para deglutir, mas outros problemas médicos podem estar relacionados a esta dificuldade e devem ser investigados. Seu médico saberá conduzir esta investigação adequadamente, portanto, é muito importante informá-lo sempre que houver problemas de engasgos ou sensação de que a comida não está “descendo” adequadamente.

8 ) Procure manter um peso adequado, isso o auxiliará em diversas atividades. É importante receber uma boa orientação nutricional e de atividades físicas. Converse com seu médico se estiver acima do peso adequado ou se estiver perdendo peso.
Fonte: VIVA BEM COM PARKINSON.

Nenhum comentário:

Postar um comentário