NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ 2011.


AO CHEGAR PERTO DO FINAL DO ANO, QUASE NUNCA FAZEMOS UM BALANÇO DAS NOSSAS VIDAS, QUASE NUNCA FALAMOS DAS NOSSAS ALEGRIAS, SUCESSOS, GRAÇAS ALCANÇADAS, ESSAS COISAS CORRIQUEIRAS QUE FAZEM PARTE DA VIDA DE CADA UM. PORÉM, COSTUMAMOS ENFATIZAR NOSSAS PERDAS, RECLAMAÇÕES DA VIDA, A DOENÇA QUE AVANÇA. A MINHA SUGESTÃO É QUE MUDEMOS DE ATITUDE, TENTANDO FAZER UM BALANÇO GERAL DO QUE FOI O ANO QUE SE ACABA E O QUE PODEMOS E QUEREMOS MUDAR EM 2011 .

ESTANDO EU EM SALVADOR, TENHO OBSERVADO A CIDADE, ESTOU REDESCOBRINDO-A, UMA SALVADOR QUE ANTES ME PASSAVA DESAPERCEBIDA . A PERCEPÇÃO E SENSIBILIDADE DA GENTE MUDA CONFORME O NOSSO ESTADO DE ESPÍRITO. O QUE ANTES ME INCOMODAVA NA CIDADE, HOJE NÃO ME PERTURBA MAIS. QUERO DIZER QUE, ADMINSTRANDO MINHAS LIMITAÇÕES HOJE, O RESTO TORNA-SE BOBAGEM.

AGRADEÇO AOS AMIGOS POR TEREM COMPARTILHADO COMIGO A SAÚDE, SUCESSO, INFORTÚNIOS, ALEGRIAS E TUDO QUE PASSAMOS JUNTOS. VAMOS NOS DESLIGAR DE 2010 FAZENDO UMA GRANDE RETROSPECTIVA. SUGIRO QUE DELETEMOS O QUE NÃO FOI LEGAL E MANTENHAMOS ACESA A CHAMA DA VIDA. QUANTO ÀS PERDAS E PEDRAS SEMEADAS NO NOSSO CAMINHO, VAMOS CHUTA-LAS. QUANDO O INFORTUNIO BATER À SUA PORTA, DEVOLVA PARA MUITO LONGE O BAIXO ASTRAL.

QUE NESTE ANO 2011, UM RAIO DE SOL ENTRE POR TODAS AS FENDAS NOS NOSSOS LARES E ILUMINE TUDO, INCLUSIVE NOSSAS ALMAS.

VAMOS ESCUTAR MUITA MÚSICA, DANÇAR BASTANTE, PROCURAR SACUDIR O ESQUELETO. ISSO FAZ UM BEMMMMMMMMMMM!!! VAMOS VALORIZAR NOSSAS AMIZADES, AMORES, TER INTERESSE PELAS PESSOAS, PELO QUE ELAS TRAZEM NO SEU INTERIOR. ESSA É MINHA MENSAGEM.

AGRADEÇO AO MEU MARIDO POR ME ATURAR, PELA PACIÊNCIA, DEDICAÇÃO, AOS AMIGOS PELA LEALDADE, CARINHO. AOS MEUS FILHOS POR SEREM TÃO ESPECIAIS PARA MAMI. QUANDO A GENTE GOZA DE PLENA SAÚDE, DESENVOLTURA E DESTREZA, VALORIZAMOS OUTRAS COISAS. QUANDO AS LIMITAÇÕES CHEGAM... BATE A INSEGURANÇA E A GENTE COMEÇA A VER A VIDA POR OUTRO PRISMA VALORIZANDO CADA MOMENTO, CADA MOVIMENTO, O DESABROCHAR DE UMA FLOR, POR EXEMPLO. OBSERVAR UM BEIJA FLOR PARANDO NO AR. É MUITO BOM.

MAS PESSOAL, A VIDA É UM BARATO TOTAL . VAMOS VIVE-LA INTENSAMENTE PARA NÃO LAMENTARMOS MAIS TARDE, COMO CANTA NANDO REIS.


Letra da musica Epitáfio:

Devia ter amado mais,
ter chorado mais,
ter visto o Sol nascer...
Devia ter arriscado mais,
até errado mais,
ter feito o que eu queria fazer...
Queria ter aceitado
as pessoas tal como elas são.
Cada um sabe a alegria
e dor que traz no coração.

domingo, 26 de dezembro de 2010

GABRIEL GARCÌA MÁRQUEZ.

Gabriel García Márquez: Estas sinistras festas de Natal
“O mais grave de tudo é o desastre cultural que estas festas de Natal pervertidas estão causando na América Latina”, escreveu o escritor colombiano Gabriel García Márquez, há 30 anos, em artigo para o El País. No texto, Gabo critica a influência norte-americana na forma latino-americana de festejar o Natal.



Gabriel García Márquez
“Antes, quando tínhamos apenas costumes herdados da Espanha, os presépios domésticos eram prodígios de imaginação familiar”, lembra o autor de Cem Anos de Solidão. “Tudo isso mudou nos últimos 30 anos, mediante uma operação comercial de proporções mundiais que é, ao mesmo tempo, uma devastadora agressão cultural. O menino Jesus foi destronado pela Santa Claus dos gringos e dos ingleses, que é o mesmo Papai Noel dos franceses e aos que conhecemos de mais.

Segundo o escritor, os Estados Unidos deturparam o que havia de melhor na lenda de Natal, impondo à América Latina uma versão “com toda uma cultura de contrabando: a neve artificial, as velas coloridas, o peru recheado e estes 15 dias de consumismo frenético a que muito poucos nos atrevemos a escapar”.

Leia abaixo a íntegra do artigo.


Estas sinistras festas de Natal

Por Gabriel García Márquez

Ninguém mais se lembra de Deus no Natal. Há tanto barulho de cornetas e de fogos de artifício, tantas grinaldas de fogos coloridos, tantos inocentes perus degolados e tantas angústias de dinheiro para se ficar bem acima dos recursos reais de que dispomos que a gente se pergunta se sobra algum tempo para alguém se dar conta de que uma bagunça dessas é para celebrar o aniversário de um menino que nasceu há 2 mil anos em uma manjedoura miserável, a pouca distância de onde havia nascido, uns mil anos antes, o rei Davi.

Cerca de 954 milhões de cristãos – quase 1 bilhão deles, portanto – acreditam que esse menino era Deus encarnado, mas muitos o celebram como se na verdade não acreditassem nisso. Celebram, além disso, muitos milhões que nunca acreditaram, mas que gostam de festas e muitos outros que estariam dispostos a virar o mundo de ponta cabeça para que ninguém continuasse acreditando. Seria interessante averiguar quantos deles acreditam também no fundo de sua alma que o Natal de agora é uma festa abominável e não se atrevem a dizê-lo por um preconceito que já não é religioso, mas social.

O mais grave de tudo é o desastre cultural que estas festas de Natal pervertidas estão causando na América Latina. Antes, quando tínhamos apenas costumes herdados da Espanha, os presépios domésticos eram prodígios de imaginação familiar. O menino Jesus era maior que o boi, as casinhas nas colinas eram maiores que a Virgem e ninguém se fixava em anacronismos: a paisagem de Belém era complementada com um trenzinho de arame, com um pato de pelúcia maior que um leão que nadava no espelho da sala ou com um guarda de trânsito que dirigia um rebanho de cordeiros em uma esquina de Jerusalém.

Por cima de tudo, se colocava uma estrela de papel dourado com uma lâmpada no centro e um raio de seda amarela que deveria indicar aos Reis Magos o caminho da salvação. O resultado era na realidade feio, mas se parecia conosco e claro que era melhor que tantos quadros primitivos mal copiados do alfandegário Rousseau.

A mistificação começou com o costume de que os brinquedos não fossem trazidos pelos Reis Magos – como acontece na Espanha, com toda razão –, mas pelo menino Jesus. As crianças dormíamos mais cedo para que os brinquedos nos chegassem logo e éramos felizes ouvindo as mentiras poéticas dos adultos.

No entanto, eu não tinha mais do que cinco anos quando alguém na minha casa decidiu que já era hora de me revelar a verdade. Foi uma desilusão não apenas porque eu acreditava de verdade que era o menino Jesus que trazia os brinquedos, mas também porque teria gostado de continuar acreditando. Além disso, por uma pura lógica de adulto, eu pensei então que os outros mistérios católicos eram inventados pelos pais para entreter aos filhos e fiquei no limbo.

Naquele dia – como diziam os professores jesuítas na escola primária –, eu perdi a inocência, pois descobri que as crianças tampouco eram trazidas pelas cegonhas desde Paris, que é algo que eu ainda gostaria de continuar acreditando para pensar mais no amor e menos na pílula.

Tudo isso mudou nos últimos 30 anos, mediante uma operação comercial de proporções mundiais que é, ao mesmo tempo, uma devastadora agressão cultural. O menino Jesus foi destronado pela Santa Claus dos gringos e dos ingleses, que é o mesmo Papai Noel dos franceses e aos que conhecemos de mais. Chegou-nos com o trenó levado por um alce e o saco carregado de brinquedos sob uma fantástica tempestade de neve.

Na verdade, este usurpador com nariz de cervejeiro é simplesmente o bom São Nicolau, um santo de quem eu gosto muito e porque é do meu avô o coronel, mas que não tem nada a ver com o Natal e menos ainda com a véspera de Natal tropical da América Latina.

Segundo a lenda nórdica, São Nicolau reconstruiu e reviveu a vários estudantes que haviam sido esquartejados por um urso na neve e por isso era proclamado o patrono das crianças. Mas sua festa é celebrada em 6 de dezembro, e não no dia 25. A lenda se tornou institucional nas províncias germânicas do Norte no final do século 18, junto à árvore dos brinquedos e a pouco mais de cem anos chegou à Grã-Bretanha e à França.

Em seguida, chegou aos Estados Unidos, e estes mandaram a lenda para a América Latina, com toda uma cultura de contrabando: a neve artificial, as velas coloridas, o peru recheado e estes quinze dias de consumismo frenético a que muito poucos nos atrevemos a escapar.

No entanto, talvez o mais sinistro destes Natais de consumo seja a estética miserável que trouxeram com elas: esses cartões postais indigentes, essas cordinhas de luzes coloridas, esses sinos de vidro, essas coroas de flores penduradas nas portas, essas músicas de idiotas que são traduções malfeitas do inglês e tantas outras gloriosas asneiras para as quais nem sequer valia a pena ter sido inventada a eletricidade.

Tudo isso em torno da festa mais espantosa do ano. Uma noite infernal em que as crianças não podem dormir com a casa cheia de bêbados que erram de porta buscando onde desaguar ou perseguindo a esposa de outro que acidentalmente teve a sorte de ficar dormido na sala.

Mentira: não é uma noite de paz e amor, mas o contrário. É a ocasião solene das pessoas de quem não gostamos. A oportunidade providencial de sair finalmente dos compromissos adiados porque indesejáveis: o convite ao pobre cego que ninguém convida, à prima Isabel que ficou viúva há 15 anos, à avó paralítica que ninguém se atreve a exibir.

É a alegria por decreto, o carinho por piedade, o momento de dar presente porque nos dão presentes e de chorar em público sem dar explicações. É a hora feliz de que os convidados bebam tudo o que sobrou do Natal anterior: o creme de menta, o licor de chocolate, o vinho passado.

Não é raro, como aconteceu frequentemente, que a festa acabe a tiros. Nem tampouco é raro que as crianças – vendo tantas coisas atrozes – terminem acreditando de verdade que o menino Jesus não nasceu em Belém, mas nos Estados Unidos.

Fonte: Internet .

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

NEUROLOGÍA - LOS SINTOMAS NO MOTORES DE LA ENFERMEDAD DE PARKINSON

NEUROLOGÍA - Los síntomas no motores de la enfermedad de Parkinson
23/12/2010 - Los síntomas del Parkinson
Síntomas no motores como la depresión o las alteraciones del sueño tienen una estrecha relación con una enfermedad neurológica progresiva como es el Parkinson. Estos síntomas han recibido poca atención pero en los últimos tiempos se han comenzado a valorar desde el momento en que se ha visto que su implicación en la disminución de la calidad de vida de los pacientes con Parkinson es muy elevada. El doctor Eduard Tolosa, jefe de la unidad de parkinson del Hospital Clínic de Barcelona y Catedrático de Neurología de la Universidad de Barcelona, comenta la importancia de los síntomas no motores en la enfermedad del Parkinson y destaca que puede ser ver síntomas muy iniciales o pre-motores que alerten que una persona pueda tener la patología. La falta de olfato puede ser uno de ellos.

Síntomas No Motores del Parkinson
Un paciente con Parkinson puede tener muchos trastornos no relacionados con la motricidad, como pueden ser alteraciones del sueño o dificultad en procesos mentales como la memoria, la concentración o la apatía. Otros problemas que también hay que mencionar son los que se refieren a la disautonomía, es decir, que implican estreñimiento, disfunción eréctil o alteraciones urinarias, por ejemplo. Otro grupo de afectaciones no motoras que se presentan en pacientes con Parkinson son la pérdida de olfato y el dolor. Todos estos trastornos no motores se vuelven más frecuentes a medida que la enfermedad avanza, aunque en ocasiones también pueden aparecer en las fases más precoces.

Síntomas de Alerta
Antes del diagnóstico de Parkinson, síntomas como la depresión o alteraciones de sueño pueden ser una señal de alerta de la enfermedad neurológica. En esa fase pre-motora algunos de los problemas que se presentan en los pacientes son pesadillas por la noche acompañadas de agitación, pérdida del olfato, depresión o somnolencia excesiva durante todo el día. La lectura positiva que se puede hacer de esta situación es que la enfermedad puede diagnosticarse antes de que aparezcan los síntomas más característicos de la enfermedad, como son los típicos temblores o la dificultad para caminar.

Impacto Negativo
Estudios recientes sobre la calidad de vida de los pacientes con Parkinson indican que los síntomas no motores son los que mayor impacto negativo tiene, sobre todo la depresión y el insomnio. Este impacto no afecta solamente al paciente sino que también a su cuidador, ya que para él no hay nada más preocupante que un paciente con problemas de hipersexualidad, alucinaciones o de compra compulsiva. (segue...) Fonte: Vivir Mejor.es.
Marcadores: sintomas não motores

POSTADO NO BLOG DOENÇA DE PARKINSON
por Hugo

domingo, 19 de dezembro de 2010

BISCOITOS DE NATAL








A receita é tradicional alemã, para a festa de Natal de uma família brasileira.

Toda celebração fica mais feliz com a integração e participação daqueles que são importantes e compartilham dos nossos bons e maus momentos - a família. As crianças brincam e os adultos se divertem.

Para o parkinsoniano é importante aproveitar estes pequenos exercícios e treinar os movimentos finos, melhorando a coordenação motora. Com uma companhia tão especial, tudo fica mais fácil.

Viva o lúdico, feliz Natal!!!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

FOI SÓ UM SUSTO.AINDA BEM.


AOS AMIGOS, QUERO INFORMAR QUE A NOSSA QUERIDA AMIGA ANA FLORENCE ESTÁ BEM E DEVE SAIR AMANHÃ DO HOSPITAL EM SALVADOR.

O MAL DA GENTE É PENSAR QUE TUDO QUE SENTIMOS É CULPA DO DR. JAMES.O QUE OCORRE É QUE DESCUIDAMOS DO RESTO DAS COISAS QUE SENTIMOS. AÍ VAI UM ALERTA: NEM TUDO É PARKINSON VIU GALERA?

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

UMA PEQUENA MENSAGEM DE NATAL



Muito se fala sobre a "selvageria capitalista" em que se transformou o Natal. Para compensá-la, passa-se a exaltar a religiosidade da data, com alguns querendo manter o Natal voltado apenas para as orações.
Creio que devemos, como em tudo mais na vida, usar o bom senso e equilibrar as coisas.
Dar presentes não pode ser pecado (lembram dos Reis Magos?). Também não podemos esquecer que a data representa o aniversário DELE, que veio para nos redimir: então podemos e devemos orar, agradecer tudo que ELE nos proporcionou, seja lá qual for a religião de cada um.
Aproveitemos para ensinar às crianças o significado daqueles presentes que eles estão recebendo de Papai Noel. E a agradecer.

QUE JESUS CRISTO ESTEJA AO LADO DE CADA UM DE NÓS, HOJE, SEMPRE E, EM ESPECIAL, NESTE NATAL.

APROVEITO PARA PEDIR UMA COISA A PAPAI NOEL: BARBUDINHO, CONVERSA COM PAPAI DO CÉU E TRAZ ANO QUE VEM UMA ESPERANÇA PARA A GALERA, INCLUSIVE EUZINHA. A CURA PARA DOENÇAS DEGENERATIVAS E TODAS EXISTENTES NO PLANETA, VIU?

eu adoro fotografar...
veja que mimo nas cores que vc gosta



A brisa da primavera soprou o pólen até as planícies orvalhadas e fecundou a beleza do desabrochar.
Todas as rosas se abriram para te ver passar.

domingo, 5 de dezembro de 2010

CHAPADA DIAMANTINA-MORRO DO PAI INÁCIO-LENÇÓIS





COM A CHEGADA DAS FÉRIAS, VAI AÍ UMA DICA: CHAPADA DIAMANTINA E UMA LINDA FOTO DE SALVADOR.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Ronda

Dentro da madrugada
o galo
em rubra clarinada.

Na capelinha aldeã
um sino
inaugura a manhã.

Bafagem. Meio dia!
O sol,
olho sangrento, espia.

A noite é um véu. Flutua,
serena entre as estrelas,
a lua...
Uma homenagem a Poetisa Baiana, Nildéia Senna Andrade. Grande figura.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

IRIS .. minha linda..
estou aqui de atrevida espalhando neve no teu blog
saudades!!!

domingo, 28 de novembro de 2010

E O RIO DE JANEIRO CONTINUA E VAI CONTINUAR LINDO.

Que a guerra com os traficantes termine logo. Que os moradores da Cidade Maravilhosa voltem a ter PAZ!
Essa cidade de beleza rara e singular, não pode ficar a mercê da guerra das drogas.

Porém, nem tudo é tragédia por lá.
No meio de tanta coisa ruim, no meio do fogo cruzado das balas, aconteceu uma coisa linda. Nasceu Rebeca, uma guerreira. Minha sobrinha. Que ela encontre um Rio de Janeiro e um mundo bem melhor . É o desejo de todas as pessoas que vivem no Rio, no Brasil e no planeta. Quero poder voltar a cantar: Cidade Maravilhosa, cheia de encantos mil, cidade maravilhosa, coração do meu Brasil.
Parodiando Gilberto Gil: Alô Rio de Janeiro, AQUELE ABRAÇO!!!!!!!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

USO DO ESPAÇO DEMOCRÁTICO: um texto interessante

"Como o corpo humano "administra" a bebedeira! "

É assim que funciona organicamente o ato de "beber pra caramba". Só que no texto foi colocado em linguagem "do povo".
Verdadeiro e divertido! Vale a pena...

Vc vai ao bar e bebe uma cerveja.
Bebe a segunda cerveja.
A terceira e assim por diante.
O teu estomago manda uma mensagem pro teu cérebro dizendo "caracas véi... o cara tá bebendo muito líquido, tô cheião!!!"
Teu estômago e teu cérebro não destinguem que tipo de líquido está sendo ingerido, ele sabe apenas que "é líquido".
Quando o cérebro recebe essa mensagem ele diz: "Caracas, o cara tá maluco!!!" E manda a seguinte mensagem para os Rins "Meu, filtra o máximo de sangue que tu puder, o cara aí tá maluco e tá bebendo muito líquido, vamo botar isso tudo pra fora" e o RIM começa a fazer até hora-extra e filtra muito sangue e enche rápido. Daí vem a primeira corrida ao banheiro. Se vc notar, esse 1º xixi é com a cor normal, meio amarelado, pq além de água, vem as impurezas do sangue.
O RIM aliviou a vida do estômago, mas vc continua bebendo e o estômago manda outra mensagem pro CÉREBRO "Cara, ele não pára, socorro!!!" e o CÉREBRO manda outra mensagem pro RIM "Véi, estica a baladeira, manda ver aí na filtragem!!!"
O RIM filtra feito um louco, só q agora, o q ele expulsa não é o álcool, ele manda pra bexiga apenas ÁGUA (o líquido precioso do corpo). Por isso que os xixis seguintes são transparentes, pq é água. E quanto mais vc continua bebendo, mas o organismo joga água pra fora e o teor de álcool no organismo aumenta e vc fica mais "bunitim".
Chega uma hora que vc tá com o teor alcoólico tão alto q teu CÉREBRO desliga vc. Essa é a hora q vc desmaia... dorme... capota... resumindo: essa é a hora q o teu ** não tem dono!
Ele faz isso pq pensa "Meu, o cara tá afim de se matar, tá bebendo veneno pro corpo, vou apagar esse doido pra ver se assim ele pára de beber e a gente tenta expulsar esse alcool do corpo dele"
Enquanto vc está lá, apagado (sem dono), o CÉREBRO dá a seguinte ordem pro sangue "Bicho, apaguei o cara, agora a gente tem q tirar esse veneno do corpo dele. O plano é o seguinte, como a gente está com o nível de água muito baixo, passa em todos os órgãos e tira a água deles e assim a gente consegue jogar esse veneno fora". O SANGUE é como se fosse o Boy do corpo. E como um bom Boy, ele obedece as ordens direitinho e por isso começa a retirar água de todos os órgãos. Como o CÉREBRO é constituido de 75% de água, ele é o q mais sofre com essa "ordem" e daí vêm as terríveis dores de cabeça da ressaca.
Então, sei que na hora a gente nem pensa nisso, mas quando forem beber, bebam de meia em meia hora um copo dágua, pq na medida que vc faz xixi, já repõe a água.

(Texto retirado do "O bar do Zé)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010


Novembro de 2010
outono na França
ai que saudades da minha amiga IRIS

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Conselhos das Universidades de Medicina: HARVARD e CAMBRIDGE

As universidades Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 Conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual :

01- Um copo de suco de laranja
Diariamente para aumentar o Ferro e repor a vitamina C.

02- Salpicar canela no café
(mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

03- Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral
O pão integral tem 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais Ferro que tem o pão branco.

04- Mastigar os vegetais por mais tempo.
Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham OS vegetais, melhor efeito preventivo têm.

05- Adotar a regra dos 80%:
Servir-se menos 20% da comida que costuma comer, evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

06- LARANJA o futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

07- Fazer refeições coloridas como o arco-íris .
Comer DIARIAMENTE, uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, Verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

08- Comer pizza, macarronada ou qualquer outra coisa com molho de tomate.
Mas escolha as pizzas de massa fininha. O Licopeno, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando OS tomates estão em molhos para massas ou para pizza .

09- Limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente .
As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças, quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10- Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória...
Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova... Leia um livro e memorize parágrafos; escreva, estude, aprenda. Sua mente agradece e seus amigos também, pois é interessante conversar com alguém que tem assunto.

11- Usar fio dental e não mastigar chicletes .
Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

12- Rir.
Uma boa gargalhada é um 'mini-workout', um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida.
Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e OS anticorpos.

13- Não descascar com antecipação.
Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer. Sucos de fruta têm que ser tomados assim que são preparados.

14- Ligar para seus parentes/pais de vez em quando.
Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã .

15- Desfrutar de uma xícara de chá.
O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá Verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

16- Ter um animal de estimação.
As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir-se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue.
Os cães são OS melhores, mas até um peixinho dourado pode causar um bom resultado.

17- Colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche.
Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School; vantagens outras são conseguidas atráves de verduras frescas.

18- Reorganizar a geladeira .
As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso, é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo ou guardar em um tape ware escuro e bem fechado.

19- Comer como um passarinho.
A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.


20- Uma banana por dia quase dispensa o médico, vejamos: " Pesquisa da Universidade de Bekeley”.

A banana previne a anemia, a tensão arterial alta, melhora a capacidade mental, cura ressacas, alivia azia, acalma o sistema nervoso, alivia TPM, reduz risco de infarto, e tantas outras coisas mais, então: é ou não é um remédio natural contra várias doenças?


21- e, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

-comer chocolate.
Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio..

- pensar positivamente .
Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que, além disso, pegam gripes e resfriados mais facilmente, são menos queridos e mais amargos.

- ser sociável.
Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- conhecer a si mesmo .
Os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o 'ser' sobre o 'ter' têm 35% de probabilidade de viver mais tempo, e de ter qualidade de vida...





'Não parece tão sacrificante, não é verdade? Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos.

Obrigada Dalva,por ceder conselhos saudáveis .Muito interessante.

domingo, 14 de novembro de 2010

Hoje o assunto é:

Como sobreviver à separação após descobrir qualquer problema de saúde.


Não vou citar nomes, pois seria leviano da minha parte. O que eu quero é levantar uma bandeira que acho super válida. Felizmente não é o meu caso.
Existe muita demagogia, preconceito e falta de amor das pessoas em relação às doenças de um modo geral. Conheço vários casos, em vários estados do Brasil, de pessoas que deixam seus parceiros, ou parceiras, após descobrirem que têm, por exemplo, a doença de Parkinson.
Bem, que amor é este? Já não basta o sofrimento da descoberta de uma coisa nada leve e ainda tem que aguentar a força da realidade dura, mesquinha, do abandono? Onde mora ou morou o amor? Será que até na meia idade tem que prevalecer a bundinha durinha, o físico malhado? Seria o ideal, mas determinadas pessoas estão com dificuldades em se manter assim.

Sabem por que eu grito? Porque o abandonado fica tão fragilizado que começa a se esconder, bate a depressão. O mundo que até então era cor de rosa, passou a ser cinza. Eu falei cinza.. uma cor tão indefinida, tão sem brilho ... A depender do estado de espírito. Quando estamos bem dizemos: vejo o mundo cor de rosa. E quando você enxerga o mundo cinzento? Você não está legal. É igualzinho a casamento. O ideal é estar sempre quente. Amornou....acabou. Mulher e café só quente. Morna!!!!??? Não é a mesma coisa. A relação pode ser equilibrada sempre. Até porque, com o passar dos anos, a tendência é ficar um companheirismo, uma cumplicidade, um amor mais equilibrado, porém com volúpia, sem ficar morno. Herbert Viana comentou numa publicação na Internet do compromisso e cobrança da ditadura (Física) do mundo moderno, em que todas as pessoas têm que ser malhadas e magras. Como se a doença escolhesse idade, sexo etc.
Isto também ocorre com várias mulheres que abandonam o seu parceiro ao saber do diagnóstico.
Deixemos a hipocrisia de lado, você amou o bonito que um dia se tornará feio. Você amou o saudável que a qualquer hora poderá ficar doente.
Não seja mesquinha ou mesquinho. Simplesmente, AME.
.

domingo, 7 de novembro de 2010

O impossível não existe quando não se acredita nele.
Quantas tentativas já foram abortadas, antes mesmo do estudo das variáveis? Quantas idéias foram perdidas no exercício do "se"?
Por mais longa que seja a caminhada, o primeiro passo é fundamental e ajuda a encurtar as distâncias. Por isso, não desista antes de tentar. Tente, experimente, arrisque, insista... a vitória não é a única meta, mas poderá ser a consequência de um trabalho bem feito.
Lembre-se da máxima do esporte: o importante é competir. Não se trata de uma competição desenfreada, mas da alegria de participar.
Quando os pássaros construirem seus anzóis e partirem para a pesca, o imposível não existirá.
Lute por seus sonhos. "Tudo vale a pena, se a alma não é pequena".


video

quinta-feira, 28 de outubro de 2010



Maratona de uma pessoa com Parkinson.

É complicado o dia-a-dia de um parkinsoniano. A partir do veredicto, você corre
para a internet e vai se informar sobre a doença, para saber das próximas etapas.

Engraçado!? Você começa a dar risada, se parar para digerir todas as novas
prioridades. "Rio, rio, rio. Rio pra não chorar, pra quem não sabe sou rio,
a cantar".

A doença, constatada, consome tempo. Desta data em diante não sobrará hora, nem
para "dar uma namoradinha".

Como um maratonista, inicia-se uma longa prova de resistência, sob o impacto
deste diagnóstico.
Ao final do terceiro ano, as repetições de procedimentos vão
ficando chatas e você passa a pensar em relaxar com algumas atividades. Mas,
logo o Dr. James se instala, com um lembrete nada agradável: dificuldades de
movimento; uma travadinha aqui, outra alí; voz baixa; a expressão facial
começa a assumir um ar parado, sem comentários...

A rotina estabelece obrigações. Eu disse: OBRIGAÇÕES!

A primeira coisa, ao acordar: tomar aquelas droguinhas, que vocês conhecem.
Sifrol, Prolopa , Mantidam ih!
Ah! A Prolopa é tão boa que tem, que eu saiba, 3 tipos - Prolopa, Prolopa HBS e
a Prolopa Dispersível. Nem vale à pena denominar todas as drogas.
Brincadeiras a parte, a Prolopa e todos os remédios são o que nos mantêm vivos. Precisamos deles.

Depois: Caminhar. A caminhada é boa para ajudar na coordenação - marcha. Alongar
antes e após qualquer atividade física.

Aí vem a maratona:
Fisioterapia;
Psicológa;
Fonoaudióloga;
Hidroginástica;
Pilates;
Outras atividades motoras para trabalhar os "movimentos finos"
(catar feijão, arroz, alguma atividade manual, etc);
Ginástica facial - fazer caretas defronte o espelho;
Exercitar frases “Trava Língua”;

Haja disposição...

Bem colega, diante do diagnóstico de hoje, procure não desanimar. Esta não
é minha intenção!
Isto é, sim, um mini diário das suas obrigações doravante. Ou faz, ou piora.
Assim sendo, procure ter uma vida saudável.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Esclarecimentos sobre James

Devido a algumas perguntas sobre James, me dei conta que devo esclarecer quem foi James Parkinson, este grande médico humanista e algumas considerações sobre a doença.

ASPECTOS HISTÓRICOS DA DOENÇA DE PARKINSON == Autor: ELVIO ARMANDO TUOTO == James Parkinson descreveu em 1817 uma doença neurológica até então desconhecida, a qual recebeu o nome de doença ou mal de Parkinson. A doença de Parkinson é um distúrbio do sistema nervoso central, de causa desconhecida, e que afeta principalmente o sistema motor. A sua prevalência na população é de 150 a 200 casos por 100.000 habitantes e a cada ano surgem 20 novos casos por 100.000 habitantes. Os sintomas motores mais comuns são: tremor, rigidez muscular, acinesia (imobilidade) e alterações posturais. Entretanto, também podem ocorrer outros sintomas, tais como comprometimento da memória, depressão, alterações do sono e distúrbios do sistema nervoso autônomo. O inglês James Parkinson (1755-1824) foi médico, paleontólogo amador e ativista social. Sua carreira médica foi ofuscada por sua luta em diversas causas sociais, filantrópicas e até revolucionárias. Em 1817 publicou o estudo An Essay on the Shaking Palsy, no qual caracterizou a paralisia agitante como uma entidade clínica. Foi Jean-Martin Charcot que, 40 anos mais tarde, denominou-a doença de Parkinson. A doença de Parkinson é um epônimo médico universalmente consagrado, sendo utilizado com bastante freqüência, inclusive na imprensa leiga.

Morreu o 21 de dezembro de 1824, sendo enterrado no cemitério de Saint Leonard Parkinson foi a primeira pessoa que descreveu sistematicamente seis indivíduos com sintomas da doença que leva seu nome. Algo inusual para a descrição, ele não examinava a seus pacientes, mas sim os observava a diário. Foi Jean Martin Charcot quem fixou o termo como "A doença de Parkinson" depois de 60 anos de sua descoberta Além de ser médico, Parkinson teve um grande interesse na geologia e a palentología, bem como na política de seu país.

video


Os parkinsonianos têm sete vidas como o gatinho do vídeo e sabem usar bem as suas habilidades. Há dias de garbo e elegância, equilibristas em cima do muro. E outros, em que, para economizar forças, é preciso se arrastar um pouco. Mas, sem perder o charme peculiar dos felinos.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

ALÔ GALERA! ESTA É UMA HOMENAGEM AOS PARKINSONIANOS FEITA PELA POETISA E AMIGA LUHANA. ESPERO QUE GOSTEM TANTO QUANTO EU GOSTEI.


Passos tímidos explorando uma nova condição
Não é possível paralisar a marcha
A vida nos empurra em qualquer direção

Passos fortes suportam mais penitência
E ensaiam novos passos de dança
A coreografia é a guerra da existência

Diante de uma platéia familiar
Recomeçando passo à passo
O bailarino precisa se arriscar

Mas, viver não é pecar
Passos mudam de direção
Descortinam sem pudores: PK.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Saúde, Dê um Tapa na Doença.

NUNO COBRA RIBEIRO NASCEU EM 1938. É FORMADO PELA ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA DE SÃO CARLOS E PÓS GRADUADO PELA USP. FOI PREPARADOR DE ENTRE OUTROS , AYRTON SENA, MIKA HAKKINEM, CHRITIAN FITIPALDI, ABÍLIO DINIZ, E INÚMEROS TENISTAS E ATLETAS. FOI NESTE INCRÍVEL HOMEM QUE ME INSPIREI PARA CONSTRUIR ESTE TEXTO, QUE, CERTAMENTE, TEM MUITO MAIS DELE QUE DE MIM


" CHEGAR AO CÉREBRO PELO MÚSCULO E AO ESPÍRITO PELO CORPO" - NUNO COBRA

Você só chega até onde acha que pode chegar. E como o cérebro é burro, você tem que aproveitar. Está em nossas mãos.. Podemos vencer ou perder. E o mais incrível, é que não depende de ninguém além de nós mesmos e das nossas emoções.
Nossos pensamentos exercem influência direta sobre nosso corpo. O cérebro não tem acesso ao mundo "real". Ele está isolado, fechado, protegido na caixa craniana. Ele só sabe aquilo que sentimos ou o que pensamos que sentimos. Tudo que chega ao cérebro, chega por intermédio dos órgãos dos sentidos. Nosso cérebro "cria" a realidade. Por exemplo: Muitas vezes um mesmo espaço pode ser ótimo para uns e péssimo para outros. A diferença entre uns e outros está na percepção, na emoção que cada um envia ao cérebro.
Todos têm todas as possibilidades. O que cerceia cada um é a sua própria cabeça e a a forma como lida com suas emoções. Alimentar o cérebro com emoções saudáveis é o primeiro passo para ter saúde. Saúde enquanto energia, entusiasmo, disposição, alegria de viver......
Doenças existem. Muitas vezes são o resultado do nosso desrespeito aos avisos do nossso corpo. Mas quem cultiva a verdadeira saúde, dá um tapa na doença, supera, se favorece e retira as barreiras diante da sua própria vida. Gente assim é feliz!

domingo, 26 de setembro de 2010

Reflexão

"Nada há que seja mais prejudicial do que um amigo ignorante; é preferível um inimigo sábio." La Fontaine

Use a sua influência

video



O poder da ação exercida sobre pessoas, fatos, ou momentos, pode produzir como consequência imediata a reprodução de uma idéia ou comportamento. Quando você reconhece uma atitude preponderante e louvável é bastante natural seguí-la, ou tomá-la como exemplo.

Seguir bons exemplos pode ser o roteiro de uma vida feliz, mas multiplicá-los transforma a realidade de muitas pessoas - muitas vidas!!!

Um grande desafio que se coloca é o de produzir bons exemplos e a prática da cidadania é um dos mais urgentes. Mudar a realidade a partir da ação compartilhada, da solidariedade e da indignação construtiva.

O cidadão é o individuo que passa a ter a consciência de seus direitos e deveres, participando ativamente de questões relevantes para a sociedade.
E o exercício contínuo e ininterrupto da cidadania é uma influência positiva para as gerações futuras - a concepção de um sentido ético.


"Um movimento social que se limita a mexer com as pessoas não passa de uma revolta. Um movimento que transforma as pessoas e as instituições é uma revolução" Martin Luther King

sábado, 18 de setembro de 2010

INCLUSÃO DIGITAL.


NÃO IMPORTA A IDADE, FUNDAMENTAL É EXERCITAR A MENTE. NÃO TER MEDO DE EXPERIMENTAR, CONHECER NOVOS MEIOS E OUSAR SEMPRE.ESTE É UM DOS SEGREDOS DA LONGEVIDADE.
REVISITAR O MUNDO SOB UM NOVO OLHAR É APRENDER CONTINUAMENTE.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

PROGAMA LATINOAMERICANO DE ADVOCACY EM SAUDE

Foi realizado em São Paulo nos dias 8/9 e 10 de setembro a primeira etapa do Programa Latino Americano de Advocacy em participação de onze países com 47 ONGs, que atuam na área de saúde, sendo 19 brasileiras de diversas patologias, das quais cinco da doença de Parkinson( Bahia, M Gerais. Paraná, Pernambuco e S. Paulo) A Bahia foi representada pelo GRUPARKINSON BA( doença de Parkinson) e pela VIVA MARIA( Câncer de mama).
ADVOCACY significa lutar por uma causa, por meio de conscientização da sociedade, capacitação de agentes transformadores, mobilização da população e acompanhamento do poder publica.
Foram três dias de trabalho intenso, oportunidade em que pudemos conhecer e trocar informações sobre nossas experiências e diversos temas foram abordados por palestrantes do Brasil, Colômbia e México, os quais foram acaloradamente debatidos.
Os trabalhos continuarão por três anos, divididos em seis grupos com patologias e países diversos, que se reunirão semanalmente on-line, devidamente assessorados pela SEI( autora do PROGRAMA) e pela Roche( Patrocinadora) e anualmente, todos os grupos, para avaliação dos trabalhos.
Fazia ADVOCACY sem saber, pois luto por uma causa, através de palestras procuro conscientizar a sociedade sobre Doença de Parkinson e acompanho o poder público nas suas ações. Agora minha luta será reforçada com esse conceito. ADVOCACY representa uma nova abordagem no caminho da mudança de um individuo ou grupo.
11 de setembro de 2010
Este texto foi enviado por Genário Couto -presidente do GRUPARKINSON-BAHIA.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

ORNITORRINCO.

" Uma verdadeira charada ambulante. Os cientistas quebraram a cabeça pensando em um modo de classificá-lo como um mamífero numa ordem especial. Os Criacionistas acreditam que ele é a prova de que Deus tem senso de humor. "


O ORNITORRINCO É O IMPROVÁVEL.
QUALQUER QUE SEJA A DIFERENÇA , O QUE INCOMODA ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ .SER OU ESTAR DIFERENTE NÃO É ANORMAL; É ESDRÚXULO. E O ESDRÚXULO NÃO É RIDÍCULO. TEM QUE SE TER RESPEITO COM O ESDRÚXULO.
COMO O CORPO DA GENTE PASSA A TER POSTURAS DESAFIADORAS E SOCIALMENTE INADEQUADAS, DE TAL FORMA, QUE AOS OUTROS INCOMODAM, PASSAMOS A SER UNS OVINIS.

TODO MUNDO OLHA COM PENINHA....
EU NÃO ACEITO A SUA PENA, MAS, EVENTUALMENTE, POSSO PRECISAR DA SUA AJUDA.

POR ENQUANTO, A SALVOS DA EXTINÇÃO.DIGIRAM E COMENTEM.

MEXA-SE

PARA O NOSSO PRÓPRIO BEM, MOVIMENTO É A PALAVRA DE ORDEM. ALONGAMENTO É PRIMORDIAL, CAMINHADAS AJUDAM NA MARCHA E FISIOTERAPIA É INDISPENSÁVEL NO DIA A DIA.

COMO ANDA A EVOLUÇÃO DO PARKINSON E, O QUE MAIS TE INCOMODA.
BEM, COM O PASSAR DOS ANOS, AVANÇAM E VOCÊ NÃO SABE SE ESTÁ PIOR OU SE A IMPOSSIBILIDADE EM REALIZAR CERTAS TAREFAS ESTÃO DEIXANDO VC MAIS NERVOSOS? VOU FAZER TIPO BATE BOLA. RESPONDA VIA E-MAIL E AUTORIZE SE PUBLICO OU NÃO.
1-QUANTO TEMPO TEM DE PARKINSON? OLHA, DIFICIL DE PRECISAR. TOMO REMEDIO HÁ QUASE 4 ANOS.TENHO CERTEZA QUE JA FAZEM UNS 8 ANOS MAIS OU MENOS.
2-COMO ANDAM OS SEUS SONHOS? NÃO TENHAM VERGONHA EM RELATAR AFINAL, ESTAMOS REMANDO CONTRA A MARÉ .
3-RESPIRAÇÃO: COMO ESTÁ? ENGASGOS BOCA SECA, EVOLUINDO?
4-SONO, TEM DORMIDO 7 OU 8 HORAS ?
5-CHATS, VOCÊ FREQUENTA OS BATE PAPOS? VC TEM ALGUMA SUGESTÃO OU QUEIXA PARA FORMALIZAR DOS CHATS? A HORA É ESSA.TODA QUEIXA CONSTRUTIVA DEVE SER FALADA , CORRIGIDA PARA QUE OS ERROS SEJAM REPENSADOS .EXISTEM PESSOAS PREOCUPADAS EM NÃO DEIXAR A PETECA CAIR. CONCORDA?
6-O QUE VOCÊ ACHA DE FAZERMOS UM BATE PAPO SO COM MULHERES? FICARIAMOS MAIS A VONTADE,OS ASSUNTOS VARIADOS,SELETIVOS, PRIORIZADOS POR VOCÊ.. CORAGEM, NÃO ADIANTA FAZER QUEIXAS E NÃO PROCURAR RESOLVÊ-LAS .

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Este espaço foi idealizado para publicação de tudo que eu gosto. Divirtam-se.

sábado, 14 de agosto de 2010

Dança Circular-Parque Ecológico CAMPINAS



As Danças Circulares são desenvolvidas visando ampliar o conhecimento, em direção ao bem estar físico, mental, emocional, energético e social. Inúmeros ritmos, cantos e danças, de povos e culturas do mundo são vivenciados. Em meio a momentos de muita descontração e também, momentos de introspecção, a pessoa que está na roda se percebe como um ser humano íntegro que vivencia a alegria, a amizade e o amor, tanto para consigo mesmo como para com os outros.
..Dalva, portadora da Doença de Parkinson há 13 anos, para manter o corpo ativo, participa das Danças Circulares que trazem um grande beneficio para a melhoria da sua qualidade de vida.