NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Pedido de um jovem com recente diagnóstico.

Espero que através dessa reportagem suas dúvidas sejam esclarecidas.


Sobre a Doença de Parkinson

A doença de Parkinson afeta muitas pessoas. Se você for uma delas, você provavelmente sabe que esse distúrbio neurológico do movimento não tem cura.

Definição e Sintomas

A doença de Parkinson é um distúrbio neurológico do movimento progressivo e degenerativo que afeta muitos brasileiros. Embora ela se desenvolva tipicamente após os 65 anos de idade, aproximadamente 15% das pessoas com o problema desenvolvem a doença de Parkinson de início precoce antes de atingirem os 50 anos de idade.1
Conforme a doença de Parkinson progride, ela se torna cada vez mais incapacitante, tornando as atividades diárias como tomar banho ou vestir-se difíceis ou impossíveis. Muitos dos sintomas da doença de Parkinson envolvem o controle motor, a capacidade de controlar seus músculos e seu movimento.
Os quatro sintomas primários da doença de Parkinson são:
  • Tremor (agitação involuntária e rítmica de um membro, da cabeça ou do corpo todo) – O sintoma mais reconhecido da doença de Parkinson, o tremor, frequentemente começa com um tremor ocasional em um dedo, que eventualmente se espalha para o braço todo. O tremor pode afetar somente uma parte ou lado do corpo, especialmente nos primeiros estágios da doença. Nem todas as pessoas com doença de Parkinson têm tremores.
  • Rigidez (dureza ou inflexibilidade dos membros ou juntas) – A rigidez muscular experimentada com a doença de Parkinson frequentemente começa nas pernas e no pescoço. A rigidez afeta a maior parte das pessoas. Os músculos tornam-se tensos e contraídos e algumas pessoas poderão sentir dor ou dureza.
  • Bradicinésia ou acinésia (lentidão de movimento ou ausência de movimento) – A Bradicinésia é um dos sintomas clássicos da doença de Parkinson. Com o tempo, uma pessoa com a doença de Parkinson pode desenvolver uma postura curvada e um andar lento e arrastado. Eles também podem eventualmente perder sua capacidade de começar e continuar a se mover. Após alguns anos, eles podem experimentar acinésia, ou "congelamento", e podem não ser capazes de se mover de forma alguma.
  • Instabilidade postural (equilíbrio e coordenação prejudicada) – Uma pessoa com instabilidade postural pode ter uma posição curvada, com a cabeça inclinada e os ombros caídos. Essas pessoas podem desenvolver uma inclinação para frente ou para trás, e podem ter quedas que causam ferimentos. As pessoas com inclinação para trás têm tendência à "retropulsão", ou caminhar para trás.

Causas e Fatores de Risco

A doença de Parkinson é causada pela degeneração de uma pequena parte do cérebro chamada substantia nigra (substância negra). Conforme as células cerebrais da substantia nigra morrem, o cérebro começa a se privar da dopamina química.
A dopamina permite que as células cerebrais envolvidas no controle dos movimentos se comuniquem, e níveis reduzidos de dopamina levam aos sintomas da doença de Parkinson. De acordo com a National Parkinson Foundation (Fundação Nacional para a Doença de Parkinson), 80% das células produtoras de dopamina são perdidas antes mesmo que os sintomas motores da doença de Parkinson apareçam.2
A doença de Parkinson frequentemente se torna crescentemente incapacitante com o tempo. Se você sofre de doença de Parkinson, você pode ter problemas para executar atividades diárias como levantar-se de uma cadeira ou mover-se por uma sala. Conforme a doença progride, algumas pessoas precisam usar uma cadeira de rodas ou ficar permanentemente acamadas.

Referências

  1. Basic Information About Parkinson’s Disease (Informações Básicas Sobre a Doença de Parkinson). Disponível em:www.apdaparkinson.org. Acessado em 15 de julho de 2008.
  2. Parkinson Primer (Cartilha Sobre Parkinson). Disponível em:www.parkinson.org. Acessado em 14 de julho de 2008.
As informações contidas neste site não podem ser substituídas pela orientação médica. Sempre converse com o seu médico sobre diagnóstico e opções de tratamento.
Fonte: Meditronic

2 comentários:

  1. Muito claro e objetivo do seu texto Iris , Gostei do seu Bloogue e os assuntos mele contido.
    um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço as palavras carinhosas. tenho negligenciado o blog por motivos de saúde.Pretendo retomar muito breve as postagens.Um grande abraço.

      Excluir