NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

domingo, 23 de setembro de 2012

A experiência só serve para cada pessoa unicamente.



                 NÃO SOU A DONA DA RAZÃO E SIM COERENTE
     
                          
Não adianta a gente querer passar  nossa experiência para quem quer  que seja. Ela serve unicamente para você. Experimente com  filhos, irmãos, funcionários mais próximos etc. Cada pessoa terá suas vivências, isso faz parte da vida. A gente costuma ser  "Réu primário". Tentamos modificar pessoas próximas  e elas criticam a gente. Falam que estamos velhas etc como se a juventude  fosse privilégio eterno. Dou risadas. Bem, quero chegar próximo de um papo que tive com uma pessoa que tem Parkinson, Eu falo, afirmo que cada um terá os sintomas e eles  se manifestarão  diferentes em cada pessoa. De repente encontramos algo em comum mas, nunca tudo igual. Por isso, não devemos sofrer por antecipação. Vamos aguardar o momento dos sintomas que surgirão. Devemos sim questionarmos muitas coisas, bem como  há tantos anos só dispomos da Prolopa para nos ajudar e não pararmos definitivamente. Eu sem ela não sou ninguém. Embora tenhamos que ter cuidado com as doses pois esse  remedinho vai nos ajudar muito lá pra frente, quando tivermos mais idade. A prolopa demais prejudica. De menos, também. O correto é seu médico achar o equilíbrio fracionando as doses e cada organismo reage de uma maneira. Vamos pensar  juntos: Porque para tantas doenças bem mais complicadas acha-se a solução, a cura etc. Qual o interesse que alguns segmentos teriam se a cura de todas doenças fossem descobertas?
certas industrias iriam a falência. Então, só nos resta aguardarmos  sentados que algum cientista descubra logo o que tantas pessoas no mundo esperam. Ficar feio, deformado, travando, sem coordenar seus movimentos é deplorável, é desumano embora eu penso que toda doença é ruim. Bom mesmo é você ter autonomia, ter o seu corpo por inteiro e não pelas metades ou quase nada e o pior é que a gente dá um comando  ao cérebro e tem momentos que o corpo não corresponde ou finge não entender kkkk. Essa briga é grande e demanda tempo, dinheiro, disputa, Enquanto isso, nós e os macacos estaremos aguardando o desfecho final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário