NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

terça-feira, 22 de maio de 2012

Diabetes e a Doença de Parkinson

Pessoas com diabetes podem ter maior probabilidade de também desenvolver a doença de Parkinson – e isso parece ser particularmente verdadeiro para os pacientes mais jovens, sugere um novo estudo.
Os resultados, publicados on-line/16 de março no Diabetes Care, acrescentam evidências ligando diabetes e Parkinson.
Um outro estudo recente disse que os adultos dos EUA com diabetes tiveram um risco ligeiramente maior de desenvolver Parkinson num período de 15 anos, em comparação com não diabéticos (ver Reuters Health -30/Mar/2011). No entanto, em nenhum dos estudos se demonstra que o diabetes causa Parkinson. Em vez disso, os pesquisadores acham que é mais provável que os dois transtornos compartilhem algumas causas comuns subjacentes.
As novas descobertas são oriundas da Dinamarca, onde os investigadores compararam perto de 2.000 adultos com doença de Parkinson e cerca de 10.000 pessoas da mesma idade, mas sem a doença (o grupo “controle”). Em termos globais, 6,5% dos pacientes de Parkinson tiveram diabetes há pelo menos dois anos antes de serem diagnosticados com o distúrbio do movimento. Em comparação, apenas 5% das pessoas no grupo controle de diabetes tiveram diabetes há pelo menos dois anos.
Segundo a equipe de pesquisa, ter diabetes foi associado a um risco cerca de um terço mais elevado de desenvolver Parkinson. Isso foi concluido após ajuste para idade e sexo, e nenhum diagnóstico de enfisema – que foi considerado associado ao tabagismo pesado. (Estudos descobriram que os fumantes de cigarros tem menor risco do mal de Parkinson, por razões que ainda não são claras.) O diabetes foi relacionado a um maior risco de desenvolver Parkinson antes dos 60 anos – média de idade para diagnóstico da doença.
Exatamente o que os resultados significam não é claro, de acordo com os pesquisadores, que foram liderados pela Dr. Eva Schernhammer, da Harvard Medical School em Boston. Mas dizem que, por ora, a mais plausível explicação é que o diabetes e o mal de Parkinson têm alguns dos mesmos fundamentos biológicos. Uma possibilidade é uma contínua inflamação de baixo nível em todo o corpo. Também pode haver uma suscetibilidade genética comum.
Mesmo que as pessoas com diabetes tenham um risco relativamente maior de Parkinson, o risco absoluto não é particularmente elevado. Por exemplo, o recente estudo nos EUA que acompanhou pacientes por 15 anos, envolveu cerca de 289.000 adultos mais velhos: a proporção de pessoas que evoluíram para a doença de Parkinson foi de 0,8% entre os diabéticos e 0,5% entre os não diabéticos – menos de 1% em ambos os casos.
Os pesquisadores deste estudo disseram que as pessoas com diabetes devem simplesmente continuar a fazer as coisas que já foram recomendadas para a sua saúde: uma dieta equilibrada e exercícios regularmente.
Mais estudos são necessários, segundo eles, para entender por que o diabetes está relacionado a um maior risco de Parkinson e o que, se é que existe algo, pode ser feito sobre isso.
FONTE (em inglês): http://bit.ly/fWbB3u - Diabetes Care 2011.
Achei interessante e estou divulgando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário