NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Estudo identifica gene associado a maior necessidade de sono


Especialistas europeus dizem ter encontrado um gene associado a uma maior necessidade de sono.


Um estudo envolvendo mais de 10 mil pessoas de diversos países europeus concluiu que quem possui o gene ABCC9 precisa de cerca de 30 minutos a mais de sono por noite.
Segundo a pesquisa, publicada na revista científica "Molecular Psychiatry", um em cada cinco europeus carrega o gene.
BBC
Portadores do gene ABCC9 precisam de cerca de 30 minutos a mais de sono por noite, diz estudo feito em países europeus
Os pesquisadores da Universidade de Edinburgo, na Escócia, e da Universidade Ludwig Maximilians, em Munique, na Alemanha, dizem que a revelação pode ajudar a explicar comportamentos associados ao sono.
Cada um dos participantes disse quantas horas dormia por noite e teve uma amostra de seu sangue colhida para análise de DNA.
A necessidade de sono pode variar significativamente de uma pessoa para outra. A ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, por exemplo, era conhecida por precisar de apenas quatro horas de sono por noite, enquanto o cientista Albert Einstein, 11.
MOSCA-DAS-FRUTAS
O estudo envolveu pessoas das ilhas Orkney, além de Croácia, Holanda, Itália, Estônia e Alemanha.
Os pesquisadores queriam saber como era o padrão de sono dos participantes em dias livres, ou seja, quando não tinham de trabalhar ou tomar remédio para dormir.
Ao comparar os dados sobre padrão de sono com os resultados da análise genética, eles concluíram que os participantes que possuíam a variante ABCC9 precisavam de mais tempo de sono do que a média de oito horas.
A equipe investigou então como esse gene influenciava o padrão de sono de moscas-das-frutas, que também carregam essa variante.
Moscas sem o gene ABCC9 dormem três horas a menos do que as que carregam o gene, os pesquisadores constataram.
ENERGIA
O gene ABCC9 atua como sensor de níveis de energia no corpo humano.
Segundo os cientistas, o estudo abre um novo caminho em pesquisas sobre o sono. Eles dizem esperar que investigações futuras possam estabelecer exatamente como essa variante genética regula o tempo de sono necessário para cada indivíduo.

O especialista Jim Wilson, da University of Edinburgh, diz: "Humanos dormem aproximadamente um terço de suas vidas. Com frequência, a tendência de dormir por períodos mais longos ou mais curtos é um traço de família, apesar da quantidade de sono poder ser influenciada pela idade, latitude, estação do ano e ritmo circadiano [período de aproximadamente um dia, o qual se baseia o ciclo biológico do corpo humano]."
Fonte:Folha equilibrio e Saúde.com






Nenhum comentário:

Postar um comentário