NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Hospitais nos EUA adotam políticas contra discriminação de homossexuais

Relatório anual da Human Rights Campaign, o maior grupo de defesa dos direitos dos homossexuais nos EUA, revela que está aumentando o número de hospitais americanos que adotam políticas que proíbem a discriminação contra pacientes gays, lésbicas, bissexuais e transsexuais.
  Segundo dados parciais do relatório, divulgado nesta semana, 95% de uma amostra de 400 hospitais e clínicas nos EUA já incluíram em suas políticas internas regras explícitas contra a discriminação.

Entre elas está o direito à visitação a parceiros do mesmo sexo.
Em 2010, 90% das instituições não tinham nenhuma orientação formalizada a respeito disso.
  Naquele ano, o presidente Barack Obama determinou que os hospitais criassem políticas internas banindo qualquer ato discriminatório baseado em orientação sexual e identidade de gênero.
Em janeiro do ano passado, uma lei federal estabeleceu que todos os hospitais do país permitissem que seus pacientes escolhessem os seus visitantes e vetou, explicitamente, a discriminação por conta da orientação sexual.
A maior organização de acreditação nos EUA, a Joint Commission, também criou regras com o mesmo propósito. Mesmo assim, denúncias de discriminação contra homossexuais ainda persistem.
 Em novembro de 2011, por exemplo, Kathryn Wilderotter sofreu um acidente de carro e foi internada no Hospital Adventista Washington, em Maryland.
  Ao tentar visitá-la, Linda Cole, sua companheira há 11 anos, teve o seu o direito negado porque o hospital não a reconheceu como membro da família.
  "Discriminação durante uma emergência médica é uma das mais graves formas de preconceito que os homossexuais ainda sofrem. Precisamos combatê-la insistentemente até que esse direito faça parte da rotina das instituições de saúde", afirmou Joe Solmonese, presidente da Human Rights Campaing
Fonte: Folha.com

NOTA DA AUTORA DO BLOGUE.
A intenção do Blogue é informar. Porém, tem assuntos polêmicos que, no meu entender, temos obrigação de manifestarmos nossa opinião. Qualquer discriminação deve ser banida da sociedade no mundo atual. Seja com negros, homoxessuais, brancos, amarelos etc...seria mais humano e dígno respeitarmos por exemplo, esse pensamento do Bob Marley. Vamos conviver com as diferenças pois elas fazem parte da natureza humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário