NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Perda de peso aumenta níveis de testosterona em homens, diz estudo

JULIANA VINES
DE SÃO PAULO
Perder peso pode aumentar os níveis do hormônio testosterona em homens de meia-idade, segundo estudo feito pela Hospital Universitário St. Vincent, em Dublin, Irlanda.
A pesquisa envolveu cerca de 900 homens com 54 anos em média, sobrepeso e pré-diabetes. Cerca de um quarto desses homens tinham baixos níveis de testosterona (abaixo de 300 nanogramas por decilitro) quando começou o estudo. Foram excluídos aqueles que já tinham diagnóstico de hipogonadismo (deficiência funcional nas glândulas) ou tomavam medicamentos que poderiam influenciar nos níveis do hormônio.
Baixos níveis de testosterona são relacionados à redução do desejo sexual e do número de espermatozóides e ao aumento das mamas.
"Os médicos devem encorajar os homens com sobrepeso e com baixos níveis de testosterona a tentar perder peso antes de recorrer à reposição hormonal", disse Frances Hayes, médico e coautor do trabalho, ao site de divulgação científica "Science Daily".
Para fazer o estudo, que durou um ano, os pesquisadores dividiram os voluntários em três grupos: o primeiro participou de um programa de exercícios (150 minutos de atividade por semana) e dieta, o segundo recebeu drogas para diabetes e o terceiro tomou placebos.
O grupo que modificou o estilo de vida perdeu em média 7,8 quilos em um ano e teve um aumento nos níveis de testosterona proporcional à diminuição do peso corporal e da circunferência da cintura. A incidência de homens com baixos níveis do hormônio caiu de 20% para 11% --uma redução de 50%. Não houve alterações significativas nos grupos que tomaram medicamentos ou placebos.
O trabalho foi apresentado nesta semana no encontro anual da Sociedade de Endocrinologia, em Houston (EUA).
Fonte: Folha.com Equilíbrio e Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário