NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Depois da queda o cordel




Eu vou contar pra vocês
Como se cai no chão
E se quiserem aprender
É melhor não imitar não
Porque no mês de janeiro
Meu amigo James brincou
Me derrubou sem peninha
E quase me matou
Seria uma "quedinha"
Se não tivesse machucado
Deixou meu peito marcado
Com uma dor irritante
Joelho ficou esfolado
E o chassi empenado
Quem assistiu não apreciou
Não gostou do que viu
Uma lady depauperada
Com seu orgulho na mão
Os machucados doendo
E o equilíbrio no chão
Fui visitar Ana Florence
Na capital da Bahia
Tinha um degrau camuflado
E tropecei pra valer
Sai catando milho 
Não pude o meu corpo conter
Me espatifei no chão
Com os joelhos dobrados
E Para melhor proteger 
Mãos na frente do rosto
Minha contenção foi o muro
Quase quebrei  meus dentes
E ficaria banguela
Pois esse tal James  Parkinson
Só puxa a gente pra frente
Virando corcunda
Subi o elevador 
A dor danada apertando
Olhei os meus joelhos 
E estavam descascados
Doendo pra caramba
Com o orgulho acabado
No outro dia compadre 
Era mancha pra todo lado
Parecia que tomei uma surra 
do meu marido dedicado

6 comentários:

  1. Vixe, Iris...não sabia dessa sua queda ! Que perigo !!! Melhoras !!! Adorei o blog !! Gostei dessas folhas com a cor do outono, acho lindo !!! beijocas,..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol,Que bom que gostou.
      Entre sempre e comente ok?
      BEIJOS

      Excluir
  2. Adorei a estrofe "Lady depauperada com seu orgulho na mão, os machucados doendo e o equilíbrio no chão", muito bom, sua cara....uhauhauhauh. Praticamente uma tragicomédia.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Íris,
    Ficou muito bom o seu poema-cordel (será que ainda posso usar o hífen?).
    Já tinha visto seu blog antes, deu uma mudada, né?
    Está ótimo, vai praticando e ficando melhor. Você é um exemplo de jovialidade.

    Abraços,

    Claudia

    ResponderExcluir
  4. E isso ai amiga só brincando para seguir em frente.

    Abraços,

    Roseli

    ResponderExcluir
  5. Minha linda achei maravilhoso o modo bem humorado que você fala de sua queda.
    De fato eu não gostei também de cair mas que fazer se nosso amigo James gosta de brincar de nos empurrar né?
    Nossa paga será ganharmos a guerra ficando curadas e banindo o intruso.
    Adorei o cordel.
    Bjos
    Teca

    ResponderExcluir