NOSSO CANAL - VÍDEOS RECOMENDADOS

Loading...

ASSISTA OS VÍDEOS


EU VOCÊ E JAMES, JUNTOS NO YOU TUB


Há um ano comecei a formatar um blog que, na verdade, nem eu sabia ao certo o que pretendia e nem como seria esse “filho”, já que existiam muitos blogs falando com propriedade sobre Parkinson. Resultado: coloquei em "stand by". Queria colocar as idéias no lugar e aguardar uma inspiração.

Por que o nome EU, VOCÊ E JAMES?

EU: podemos falar dos nossos sonhos, aspirações, de receitas, atualidades, alegrias e tristezas, e variedades diversas.
VOCÊ: é a principal razão da existência do blog. É quem vai ajudar na construção e divulgação do espaço que vai ser seu. O espaço é livre.
JAMES: Vixe... Esse aí não é fácil. Como já disse acima, existem muitos blogs que tratam do assunto com competência científica e isso é muito bom. A proposta é que seja uma abordagem bem suave, com humor, pois necessitamos muito de diversão e alegria. Não podemos nos envolver apenas com os aspectos fisiológicos do Parkinson. Vamos tratar do tema com leveza.

Com o Sr. James aprendi, além de outras coisas:
- Ter calma, já que os nervos são o principal fator de problemas para nós;
- Ter sempre um projeto de vida para se apaixonar: como dizia Chico Xavier, estar apaixonado por um projeto faz com que Deus nos dê mais tempo de vida;
- Me movimentar mais, lembrando do sábio Almir Sater na música Tocando em Frente: “Ando devagar porque já tive pressa...”.

E com minha amiga Dalva Molnar aprendi muitas coisas, inclusive que temos muito TA...LEN...TO.

Este blog está trocando de roupa- AGUARDE: EM BREVE NOSSO CLOSET ESTARÁ COMPLETO

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013



January 17, 2013 - Para muitas pessoas, a doença de Parkinson é uma desordem de movimento. Para fazer um diagnóstico da doença de Parkinson, um neurologista tem que observar alguns dos seguintes sintomas: tremor, rigidez, lentidão de movimentos, ou dificuldade para caminhar. Todos esses sintomas principais tem a ver com o movimento do corpo.

Algumas das primeiras mudanças de doença de Parkinson, no entanto, alteram a forma como pensamos e como nos sentimos ao invés de como nós nos movemos. Na verdade, algumas pessoas pensam que essas mudanças podem ocorrer até mais de uma década antes de quaisquer problemas evidentes de movimento.

As alterações cerebrais causadas pela doença de Parkinson podem fazer as pessoas se sentirem cansadas, deprimidas ou ansiosas. Cerca de um em cada cinco pacientes com doença de Parkinson desenvolvem alexitimia, uma perda da capacidade de reconhecer as emoções de si mesmos ou aos outros. Isso pode tornar difícil a empatia e de se comunicar eficazmente com os outros.

Mesmo o sono não está ao alcance do doente de Parkinson, como muitas pessoas com experiência em Parkinson com transtorno de comportamento do sono REM (externando vividamente seus sonhos) anos antes de sua doença de Parkinson ser diagnosticada. Eventualmente, muitos pacientes com doença de Parkinson desenvolvem uma demência, com dificuldades em resolver problemas, multitarefas e planejamento.

É importante que as pessoas reconheçam que as mudanças cognitivas da doença de Parkinson são parte da doença, e não alguma falha de caráter. Além disso, às vezes as mudanças podem ter auxílio. Deixando que seus amigos, familiares e cuidadores médicos saibam sobre essas preocupações podem ser um primeiro passo para melhorar a vida com Parkinson. (original em inglês, tradução Hugo) Fonte: About Neurology.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário